Rezende: Nova Lei de Falências dará fôlego aos empresários durante a pandemia

No quadro Liberdade de Opinião, Sidney Rezende avaliou de forma positiva a reformulação do projeto de lei

Da CNN
26 de novembro de 2020 às 11:20


O Senado aprovou, na quarta-feira (25), o projeto da nova Lei de Falências. O texto prevê novas regras para que empresários possam renegociar as dívidas e tem o objetivo de evitar consequências econômicas com o fechamento de empresas. No quadro Liberdade de Opinião desta quinta-feira (26), Sidney Rezende avaliou como positiva a alteração no projeto de lei e acredita ser uma oportunidade para que empresários atravessem a pandemia com menores impactos.

Leia também:

Senado aprova texto-base de projeto que faz mudanças na Lei de Falências
STF julga em 04/12 ação sobre reeleição de presidentes da Câmara e do Senado
Rezende: Sem auxílio, governo deveria pensar em saída emergencial alimentar

"É mais uma medida positiva para o Brasil criar condições de fôlego [para as empresas]. É como se estivéssemos dando para alguém moribundo a possibilidade de respirar um pouco mais. Essa Lei de Falências, proposta parcialmente agora no Senado, é oportuna por permitir aos empresários um pouco mais de tempo, em meio à pandemia, de voltar a ter uma empresa sadia. Considero isso positivo, uma discussão que vem de muito tempo e é necessária para o empresariado brasileiro", disse Rezende.

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Sidney Rezende no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (26.nov.2020)

(Publicado por Leonardo Lellis)