Puxados por arroz, carne e óleo de soja, os alimentos têm alta de 25% no ano


Da CNN, em São Paulo
08 de dezembro de 2020 às 09:58 | Atualizado 08 de dezembro de 2020 às 10:00

 

O preço dos alimentos acumula alta de 25% este ano. Nas prateleiras, o arroz subiu 62% no varejo. Produtos derivados da soja e do milho também estão com valores mais salgados para o bolso, e a carne bovina aumentou 53% nos últimos 12 meses.

O preço das matérias primas brutas, a desvalorização do real e o aumento do dólar no mercado externo são algumas das razões de os preços dispararem.

"O real perdeu em comparação ao dólar 30% de seu valor, isso explica boa parte desses aumentos em alimentos da cesta básica", explica André Braz, economista da Fundação Getúlio Vargas, à CNN.

Leia também
IPCA de novembro sobe 0,89% e supera centro da meta da inflação em 12 meses
Dólar perde força no mundo e pode cair ainda mais em 2021
Covid-19 volta a assustar mercados e dólar abre sessão em alta

Preço dos alimentos acumula alta de 25% no ano (08.dez.2020)
Preço dos alimentos acumula alta de 25% no ano (08.dez.2020)
Foto: Reprodução/CNN