Setor de etanol do Brasil saiu "mais relevante" do que entrou na pandemia

Na parte econômica, o setor foi beneficiado pelo câmbio e forte demanda pelo açúcar brasileiro, cuja produção em 2020/21 será recorde

Roberto Samora, da Reuters
15 de dezembro de 2020 às 13:28
Funcionário de posto de gasolina abastece carro em São Paulo
Foto: Paulo Whitaker/Reuters

O setor de etanol do Brasil saiu "mais relevante" do que entrou na pandemia, à medida que a sociedade passou a valorizar produtos que são ambientalmente mais sustentáveis, disse nesta terça-feira o presidente da União da Indústria de Cana (Unica), Evandro Gussi.

Leia também:
Divisão da Covid: a crise jogou uns na pobreza e impulsionou a riqueza de outros
Novo lote do abono do PIS é liberado; veja quem pode receber até R$ 1.045

Ele disse a jornalistas que estudos mostrando relações entre as mudanças climáticas e o surgimento de pandemias reforçaram a importância de combustíveis que emitem menos poluentes e gases do efeito estufa.

Na parte econômica, o setor foi beneficiado pelo câmbio e forte demanda pelo açúcar brasileiro, cuja produção em 2020/21 será recorde. Além disso, a demanda por etanol, que caiu fortemente durante a pandemia, vem sendo recuperada.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook