Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA têm nova alta

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego totalizaram 885 mil em dado ajustado sazonalmente na semana encerrada em 12 de dezembro

Lucia Mutikani, da Reuters
17 de dezembro de 2020 às 11:01
Bandeira dos Estados Unidos
Foto: Kevin Lanceplaine / Unsplash

O número de norte-americanos que entraram com pedidos de auxílio-desemprego pela primeira vez subiu inesperadamente na semana passada, já que um aumento implacável nas novas infecções por Covid-19 atrapalhou as operações empresariais, oferecendo mais evidências de que a recuperação da economia diante da recessão pandêmica está vacilando.

Leia também:
Bitcoin e criptomoedas: entenda o que são e como investir
Câmara aprova texto-base de MP que visa conter alta nas tarifas de energia

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego totalizaram 885 mil em dado ajustado sazonalmente na semana encerrada em 12 de dezembro, em comparação com 862 mil na semana anterior, disse o Departamento do Trabalho dos EUA nesta quinta-feira.

Economistas consultados pela Reuters previam 800 mil solicitações na última semana.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook