Apple ameaça retirar Parler, rede social de apoiadores de Trump, da App Store

Informação foi dada pelo presidente-executivo da Parler, John Matze; a Apple não comentou

Stephen Nellis, da Reuters
08 de janeiro de 2021 às 20:59
Apple anunciou plano de neutralizar emissão de carbono até 2030Apple ameaçou retirar Parler da App Store
Foto: Gonzalo Fuentes -15.jul.2020/ Reuters

A Apple ameaçou retirar da App Store a rede social Parler a menos que a companhia altere suas políticas de moderação de conteúdo, afirmou o presidente-executivo da Parler, John Matze, nesta sexta-feira.

Parler é uma rede social para onde muitos apoiadores de Donald Trump migraram depois de serem expulsos de serviços como o Twitter. O presidente Jair Bolsonaro e seus filhos mantêm páginas no Parler.

Leia também: 
Twitter suspende a conta de Donald Trump permanentemente
Blue wave: quais setores podem sofrer na bolsa com o governo democrata nos EUA

Em uma carta enviada pela equipe revisora da App Store ao Parler, a Apple citou exemplos em que o serviço foi utilizado para organização de ataques em Washington depois da invasão do Capitólio por simpatizantes de Trump na quarta-feira.

A Apple não comentou o assunto.