BR Distribuidora confirma Wilson Ferreira Jr, ex-Eletrobras, como CEO

A BR Distribuidora, que é a responsável pelos postos com a marca Petrobras em todo o Brasil, não falou os motivos da troca de presidente em seu fato relevante

André Jankavski, do CNN Brasil Business, em São Paulo
25 de janeiro de 2021 às 13:37
Posto da BR Distribuidora / Foto: Reuters/Diego Vara

Um dia após anunciar a sua saída por motivos pessoais do comando da Eletrobras, o executivo Wilson Ferreira Junior foi confirmado pela BR Distribuidora como novo presidente. O atual CEO, Rafael Salvador Grisolia, deixará a companhia no próximo dia 31.

A BR Distribuidora, que é a responsável pelos postos com a marca Petrobras em todo o Brasil, não falou sobre os motivos da troca de presidente em seu fato relevante.

Até mesmo, deu um tom bem positivo para a gestão de Grisolia.

"Grisolia teve papel fundamental no processo de privatização da Companhia, um caso pioneiro de privatização via mercado de capitais. Sob sua gestão, a BR se reorganizou, teve ganhos significativos em rentabilidade, voltou a ganhar participação de mercado e teve avanços importantes em todos os compromissos assumidos durante a privatização", diz o documento.

Ainda não há data para a que Ferreira Junior assumir, de fato, a BR Distribuidora. Segundo o documento, "compete à Comissão de Ética Pública (CEP) da Presidência da República analisar eventual necessidade de cumprimento de quarentena por parte do executivo".

Do dia 1º de fevereiro até a data que Ferreira Junior se tornar CEO, Marcelo Bragnaça, diretor executivo de operações e logística, será o presidente interino.

Ferreira Junior sai da Eletrobras após quase cinco anos no comando da companhia de energia e uma grande reestruturação. Mas o seu grande feito, que seria a privatização da estatal, não foi realizado. Nesse período, a própria BR Distribuidora conseguiu ir para a bolsa.

Nesta tarde, também, o Ministério de Minas e Energia confirmou que Ferreira Júnior continuará como um dos conselheiros da Eletrobras.