99 doará 60 mil corridas para funcionários da saúde que atuam na vacinação de SP

Segundo estudo realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, os motoristas da 99 movimentaram R$ 12 bilhões em corridas no país em 2020

André Jankavski, do CNN Brasil Business, em São Paulo
26 de janeiro de 2021 às 05:00 | Atualizado 26 de janeiro de 2021 às 14:32
Foto: 99/Divulgação

O aplicativo de transporte 99 decidiu ajudar na campanha de vacinação. Segundo a empresa, foi criado um fundo de R$ 4 milhões para doar cerca de 60 mil corridas para profissionais de saúde que estão na linha de frente da vacinação.

Essa é a segunda vez que a empresa faz um movimento de ajuda aos profissionais da saúde. No ano passado, durante o início da pandemiam a companhia distribuiu vouchers para médicos e mães com filhos recém-nascidos. Na época, foram distribuídos R$ 2,2 milhões.

Segundo estudo realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, a 99 teve um impacto de R$ 2,4 bilhões na economia da capital paulista em 2019. No Brasil, o total foi de R$ 12 bilhões.

A empresa espera um crescimento mesmo em ano de pandemia.

"Embora ainda estejamos compilando o total de 2020, já sabemos com certeza que esse número será superior em dois dígitos percentuais, na comparação com o ano anterior", diz Davi Miyake, diretor de operações e produtos da 99.

Paulistanos generosos

A empresa ainda divulgou o tamanho das gorjetas que os paulistanos deram para os motoristas em 2020: R$ 1,3 milhão. Todo o valor da gorjeta, segundo a empresa, é repassado ao motorista.

No ano passado, o aplicativo teve mais de 45 milhões de corridas avaliadas e a média das notas foi de 4,9 estrelas – de um total de cinco.

"Essas são comprovações da solidariedade e empatia dos passageiros paulistanos, que reconheceram a função fundamental prestada por esses motoristas", diz Miyake.

A 99 é um dos unicórnios brasileiros, empresas que são avaliadas acima de US$ 1 bilhão.