Cerveja Corona quer levar seu 'home office' para praia por uma semana

As seis melhores respostas ganharão transporte, hospedagem (dentro das regras de distanciamento social), alimentação e, claro, cervejas Corona à vontade

Juliana Faddul, colaboração para o CNN Brasil Business
26 de janeiro de 2021 às 18:11
Praia / livros
Foto: Link Hoang / Unsplash


 

Parece que o home office ainda fará parte do “novo normal” para muitas empresas em 2021. E, se o escritório pode ir para casa, logo ele também pode ir à praia, certo? Foi exatamente este raciocínio que Corona teve para lançar o concurso Anywhere Office nesta terça-feira (26).

A cervejaria montou escritórios adaptados em Ilhabela (SP), Praia do Rosa (SC) e Trancoso (BA) para quem quiser fazer do home office um “beach office”. "Há novas formas de exercer as atividades profissionais sem a necessidade de ir até o escritório todos os dias. Acreditamos no poder de se conectar com a natureza ao escolher um ambiente diferente, do tipo ‘work with a view’ (trabalho com uma boa vista)”, explica João Pedro Zattar, gerente de marketing de Corona.

 

Para participar é preciso responder a pergunta: “Por que você merece a oportunidade e como seria se tivesse que vivenciar, na prática, a experiência ‘Anywhere office’?". O ganhador precisa ser maior de idade com disponibilidade para viajar entre 21 e 26 de fevereiro.

As seis melhores respostas ganharão transporte, hospedagem (dentro das regras de distanciamento social), alimentação e, claro, cervejas Corona à vontade. O regulamento está disponível aqui.

Anywhere Office em dados

No site também é possível encontrar pesquisas sobre este novo comportamento corporativo, organizadas pela Box1824 e produzida para Corona Extra e The Summer Hunter. Segundo levantamento, 52% dos profissionais brasileiros desejam manter o home office após a pandemia com idas ocasionais ao escritório e 73,8% das empresas brasileiras pretendem instituir o home office como prática definitiva.

"O trabalho remoto não é necessariamente uma novidade, já era uma possibilidade pelas inúmeras ferramentas digitais disponíveis. O que é novo e aponta novos caminhos é justamente isso se tornar um processo massificado (praticamente para todas as atividades de ‘escritório’) por um período de tempo causado pela pandemia. Pessoas que não pensavam nessa alternativa passaram a pensar justamente por ter que usar esse recurso", conta Henrique Diaz, Head de Tendências e Futuro da Box1824.