Yellen é confirmada como a 1ª mulher secretária do Tesouro na história dos EUA

Em 2014, Janet Yellen se tornou a primeira mulher a administrar o Federal Reserve

Por Anneken Tappe e Matt Egan, do CNN Business
25 de janeiro de 2021 às 23:56
Janet Yellen foi a indicada de Biden para a Secretaria do Tesouro
Foto: REUTERS/Leah Millis


 

Os legisladores americanos confirmaram Janet Yellen como secretária do Tesouro nesta segunda-feira (25), tornando-a a primeira mulher na história do país a ocupar o cargo.

Como chefe do Tesouro, ela terá a tarefa de conduzir o Plano de Resgate Americano de US $ 1,9 trilhão do presidente Joe Biden ao Congresso e supervisionar sua execução. O plano inclui cheques de estímulo de US $ 1.400, benefícios de desemprego expandidos e mais financiamento para vacinações e testes de Covid-19.

 

Durante sua audiência de confirmação na semana passada, Yellen defendeu o tamanho e escopo do plano, dizendo que a primeira prioridade do novo governo deve ser fazer com que a nação e seu povo superem a pandemia antes de abordar outras preocupações, incluindo o déficit crescente do país ou aumento de impostos.

"No momento, com as taxas de juros em níveis históricos baixos, a coisa mais inteligente que podemos fazer é agir em grande", disse ela ao Comitê de Finanças do Senado.

Ela deixou claro que sua prioridade número 1 seria fornecer alívio para os mais necessitados - especialmente trabalhadores de minorias e mulheres, que foram os mais afetados pela crise.

"A pandemia causou uma devastação generalizada", disse Yellen em seu depoimento. "O dano foi devastador e nossa resposta também deve ser."

Com amplo apoio bipartidário de Wall Street a Washington, esperava-se que o nome de Yellen fosse confirmado. O Comitê de Finanças do Senado aprovou na sexta-feira sua nomeação por unanimidade, 26-0.

"É difícil imaginar uma candidata mais bem preparada para atender a este grande momento de necessidade do que o Dr. Yellen", escreveram seus predecessores do secretário do Tesouro em uma carta apoiando sua indicação.

Ela não é estranha em quebrar barreiras em posições de poder. Em 2014, Yellen se tornou a primeira mulher a administrar o Federal Reserve e será a primeira pessoa a liderar os três órgãos econômicos mais poderosos do governo: Tesouro, o banco central e o Conselho de Consultores Econômicos da Casa Branca.

"Janet Yellen é brilhante e tem um histórico de ser inabalável", disse Greg Valliere, estrategista-chefe de política americana da AGF Investments, quando sua nomeação chegou às manchetes em novembro. "Ela parece ser popular em todas as facções, desde os mercados financeiros até a rua principal."