DuPont espera 2021 mais forte com demanda de smartphone e retomada de automóveis

Empresa, previu lucro ajustado para 2021 de US$ 3,30 a US$ 3,45 por ação, dos US$ 3,07 estimados por analistas

Reuters
09 de fevereiro de 2021 às 16:16
Pessoas usando smartphones
Foto: Shutterstock

A fabricante de materiais industriais DuPont previu nesta terça-feira  (9) lucro e receita acima das expectativas de Wall Street para o ano, devido à forte demanda de fabricantes de smartphones por conta do lançamento de dispositivos 5G e uma recuperação nas vendas globais de automóveis.

A empresa, que já fez parte da gigante química DowDupont, previu lucro ajustado para 2021 de US$ 3,30 a US$ 3,45 por ação, acima dos US$ 3,07 estimados por analistas, de acordo com dados da Refinitiv.

As estimativas de vendas líquidas ficaram entre US$ 15,40 bilhões e US$ 15,60 bilhões, também acima das expectativas dos analistas, de 15,11 bilhões.

As vendas dos negócios da DuPont voltados ao setor de eletrônicos aumentaram 9% em relação ao ano anterior, para US$ 1,02 bilhão no quarto trimestre, e foram ligeiramente superiores ao terceiro, impulsionadas pela forte demanda de materiais avançados usados em smartphones e chips.

 

A empresa concluiu este mês a venda de seus negócios de nutrição e biociências para a International Flavors & Fragrances ao mesmo tempo em que cortou custos, incluindo trabalhadores.

A DuPont disse que o lucro líquido ajustado subiu para RUS$ 698 milhões de, ou US$ 0,95 por ação, no quarto trimestre encerrado em dezembro, de 645 milhões, ou US$ 0,88  por papel, no terceiro trimestre, em linha com os resultados preliminares anunciados no mês passado.

Para o primeiro trimestre, a empresa espera vendas líquidas entre US$ 3,75 bilhões e US$ 3,85 bilhões. A companhia previu lucro entre US$ 0,75 e US$ 0,77  por ação no período. Analistas, em média, esperam lucro de US$ 0,65 por ação e receita de US$ 3,69 bilhões.