Heineken tem prejuízo de 204 milhões de euros em 2020

O volume consolidado de cerveja sofreu um declínio orgânico anual de 8,1%

Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo
10 de fevereiro de 2021 às 08:18
Heineken
Garrafas de cerveja Heineken
Foto: Stella de Smit / Unsplash

A holandesa Heineken, segunda maior cervejaria do mundo, divulgou nesta quarta-feira, 10, que teve prejuízo líquido de 204 milhões de euros (US$ 247,3 milhões) em 2020, revertendo lucro de 2,17 bilhões de euros apurado em 2019, em meio aos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

O lucro operacional ajustado - medida preferida da Heineken que desconsidera itens extraordinários - sofreu queda orgânica de 36% no ano passado, a 2,42 bilhões de euros, ficando um pouco abaixo do consenso de 2,45 bilhões de euros publicado no site da empresa. A receita líquida caiu para 19,72 bilhões de euros, ante 23,97 bilhões de euros em 2019.

Já o volume consolidado de cerveja sofreu um declínio orgânico anual de 8,1%, enquanto o da marca Heineken diminuiu 0,4%. Por volta das 6h30 (de Brasília), a ação da Heineken operava em baixa de 1,4% na Bolsa de Amsterdã.