Fábricas de chocolate contratam temporários para a Páscoa

Para melhorar o faturamento, as apostas são nas vendas online

Da CNN, em São Paulo
14 de fevereiro de 2021 às 10:33

 

Sem o carnaval, os olhares da indústria e do comércio estão voltados para o próximo feriado, quando se comemora a Páscoa. A produção de ovos de chocolate já se intensificou. Para alavancar as vendas, o e-commerce e as vendas por aplicativo são a grande aposta. 

Em uma das maiores fábricas de chocolate do Brasil, onde foi feita a reportagem da CNN, cerca de 3.000 funcionários temporários já foram contratados. O trabalho começou em outubro de 2020 e vai até a segunda quinzena de fevereiro. A ideia é que alguns destes colaboradores se tornem fixos e sejam efetivados.

Essa é a história de Vânia Rodrigues, que tem dez anos de casa e neste ano, treinou a equipe de temporários. "Fui passando de auxiliar, operadora 1 e hoje sou operadora 2. Sou efetiva de Páscoa e tudo começou na Páscoa. Então assim, a oportunidade que eu vi foi a única oportunidade, porque era o que eu queria e sonhava e o que eu consegui", diz

Uma pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Chocolate mostra que mais da metade dos brasileiros compram chocolates todos os meses. Em 2020, de janeiro a setembro, houve retração de 14,3% na produção, mas o faturamento aumentou 9% em comparação ao ano anterior.