Indicação de Silva e Luna para a Petrobras será analisada pelo Comitê de Pessoas

A reunião terá a função de auxiliar os acionistas

Renato Carvalho, do Estadão Conteúdo
03 de março de 2021 às 08:23
Fachada Petrobras Rio de Janeiro
Fachada da sede da Petrobras, no Rio de Janeiro (16.Out.2019)
Foto: Sergio Moraes/ Reuters

Em resposta a ofício enviado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Petrobras detalhou o processo de análise do nome de Joaquim Silva e Luna, indicado para a presidência da estatal. No comunicado, a companhia lembra que a indicação será analisada pelo Comitê de Pessoa, que tem oito dias para concluir os trabalhos. O prazo pode ser prorrogado por mais oito dias.

O ofício foi motivado por nota da Coluna do Broadcast, que trata das exigências colocadas no estatuto da empresa para a nomeação de executivos. A Petrobras lembra que o comitê terá a função de auxiliar os acionistas, opinando sobre o preenchimento de requisitos e a ausência de vedações, e verificar a conformidade do processo de indicação.

A AGE será convocada 30 dias depois do edital de convocação.