O auxílio emergencial, finalmente, vai voltar – mas será o suficiente?

Neste episódio do Abertura de Mercado, André Jankavski também fala sobre os embates na mudança do Orçamento aprovado para 2021

André Jankavski, do CNN Brasil Business, em São Paulo
01 de abril de 2021 às 05:00 | Atualizado 02 de abril de 2021 às 18:11

O mês começou com notícias boas. Primeiro temos confirmadas todas as datas dos pagamentos das quatro parcelas do novo auxílio emergencial e recebemos ainda a liberação, unânime, pela Anvisa do uso emergencial da vacina contra a Covid-19 da Janssen, o braço farmacêutico da Johnson & Johnson, em todo território nacional.

Neste episódio do Abertura de Mercado, André Jankavski fala sobre os embates na mudança do Orçamento aprovado para 2021, com tentativa de corte de gastos com emendas parlamentares, e  com isso uma resistência dizendo ser um corte muito baixo.

E temos também a notícia de que já no começo do mês, dia 6 de abril, começarão os pagamentos da nova rodada do auxílio emergencial. E pra comentar com a gente sobre essa nova rodada e seus impactos, recebemos o bom filho que a casa retorna, Fernando Nakagawa, diretor do CNN Business.

Abertura de Mercado André Jankavski
Foto: CNN/Divulgação

 

Ouça também sobre a divulgação da taxa de desemprego e de subutilizados pelo IBGE, que aumentou no período de dezembro até janeiro deste ano. Além disso, também falamos sobre como as trocas de ministros e do alto escalão das Forças Armadas estão afetando o mercado, como também o pacote trilionário do governo norte americano de Joe Biden está deixando os investidores atentos e receosos.

Para saber mais detalhes sobre o calendário dos pagamentos do auxílio emergencial 2021 é só clicar aqui.