Maioria das Bolsas da Ásia fecha em alta; pandemia continua no radar

Nas últimas semanas, a Índia tornou-se o maior foco de preocupações no continente em relação ao novo coronavírus

Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo
04 de maio de 2021 às 08:00
bolsa china
(13.mar.2020)
Foto: Aly Song/Reuters

As bolsas da Ásia e do Pacífico encerraram os negócios desta terça-feira (4) majoritariamente em alta, com a liquidez reduzida em meio a feriados que deixaram mercados do Japão e da China fechados e investidores atentos aos acontecimentos da Covid-19 na região.

O Hang Seng subiu 0,70% em Hong Kong hoje, a 28.557,14 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 0,64% em Seul, a 3.147,37 pontos, interrompendo uma sequência de cinco pregões negativos.

Já na Oceania, a bolsa australiana também ficou no azul, após o RBA, como é conhecido o banco central do país, manter seu juro básico na mínima histórica de 0,10% e prever que não começará a elevar a taxa antes de 2024. O S&P/ASX 200 teve alta de 0,56% em Sydney, a 7.067,90 pontos.

Por outro lado, a bolsa taiwanesa foi pressionada por um recrudescimento de casos locais de Covid-19, e o Taiex caiu 1,68%, a 16.933,78 pontos.

Infecções por Covid-19 estão em trajetória de alta em boa parte da Ásia. Nas últimas semanas, a Índia tornou-se o maior foco de preocupações no continente, chegando a registrar mais de 400 mil casos em 24 horas, um recorde global.