Embraer acerta venda de 17 jatos E175 para Alaska Air

Primeiro acordo envolve nove jatos para a Alaska Air e sua unidade Horizon Air, avaliado em US$ 449,1 milhões

Por Aluísio Alves, da Reuters
12 de maio de 2021 às 16:39 | Atualizado 12 de maio de 2021 às 16:57
Logotipo da Embraer
Letreiro da Embraer em Las Vegas, Nevada (21out.2019)
Foto: REUTERS/David Becker

A Embraer anunciou nesta quarta-feira (12) a venda de 17 novos jatos E175 para empresas do Grupo Alaska Air em dois contratos separados, com valor total de US$ 848 milhões, com base nos preços de lista atuais, que serão incluídos na carteira de pedidos da Embraer deste segundo trimestre.

O primeiro acordo envolve nove jatos para a Alaska Air e sua unidade Horizon Air, avaliado em US$ 449,1 milhões, as aeronaves, de 76 assentos, serão entregues a partir de 2022. A Horizon está convertendo nove opções de seu contrato de abril de 2016 em pedidos firmes.

A Alaska Air também assinou acordo para mais oito aeronaves E175 com outra subsidiária, a SkyWest Airlines, este de US$ 399,2 milhões.

"Quando todas as 17 aeronaves anunciadas forem entregues, o Grupo Alaska Air terá 79 jatos E175 em sua frota regional operada pela Horizon e SkyWest", disse a Embraer em comunicado.