Arrecadação de royalties da mineração pode bater recorde de R$9 bi em 2021

Em 2020, o volume total de royalties da mineração já havia batido um recorde, de R$ 6 bilhões

Por Marta Nogueira, da Reuters
21 de julho de 2021 às 20:56
Área de exploração de minério de ferro em Parauapebas (PA) 29/05/2012
Área de exploração de minério de ferro em Parauapebas (PA) 29/05/2012
Foto: REUTERS/Lunae Parracho

 A arrecadação brasileira de royalties da mineração, a chamada Cfem, poderá atingir R$ 9 bilhões neste ano, ou até superar, em meio a uma demanda firme chinesa por commodities e altos preços, afirmou nesta quarta-feira (21) o presidente do conselho diretor do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), Wilson Brumer.

No primeiro semestre, a arrecadação de Cfem somou R$ 4,48 bilhões, contra R$ 2,11 bilhões no mesmo período do ano passado. Em 2020, o volume total de royalties da mineração já havia batido um recorde, de R$ 6 bilhões.