AT&T supera expectativas de novos assinantes de telefones pós-pagos no 2º tri

A receita total da AT&T aumentou 7,6%, para US$ 44 bilhões, superando a estimativa média dos analistas de US$ 42,67 bilhões

Por Eva Mathews em Bengaluru e Sheila Dang, da Reuters
22 de julho de 2021 às 15:46
 AT&T
Logo da AT&T
Foto: Mark Makela/ Reuters

 A AT&T superou estimativas dos analistas quanto ao aumento de assinantes mensais de serviços pagos de telefonia no segundo trimestre, segundo dados divulgados nesta quinta-feira, com mais norte-americanos atualizando seus telefones para 5G.

A empresa, que também aumentou receita para o ano inteiro e previsões de crescimento de lucro ajustado por ação, teve uma adição líquida de 789.000 novos assinantes de telefones pós-pagos no trimestre, acima das estimativas da FactSet de 278.000.

A operadora sem fio havia perdido 151.000 assinantes no mesmo trimestre do ano anterior, no auge da pandemia.

A receita total da AT&T aumentou 7,6%, para US$ 44 bilhões, superando a estimativa média dos analistas de US$ 42,67 bilhões, de acordo com dados IBES da Refinitiv.

A AT&T agora espera que o crescimento da receita na faixa de 2% a 3% e o lucro ajustado por ação suba na casa dos dígitos baixos a médios.

A empresa esperava anteriormente crescimento da receita na faixa de 1% e que o lucro ajustado por ação ficasse estável em relação ao ano anterior.

No segundo trimestre, o lucro líquido atribuível às ações ordinárias aumentou para US$ 1,5 bilhão ou US$ 0,21 por ação, de US$ 1,2 bilhão ou US$ 0,17 por ação, um ano antes.