A economia brasileira está sendo resiliente, diz economista

José Marcio Rego, economista da Fundação Getúlio Vargas, se disse impressionado pelo comportamento do empresariado brasileiro durante a pandemia

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O IBGE divulgou nesta sexta-feira (18) pesquisa que mostra que a taxa de desemprego no Brasil atualmente é a maior desde o início da pandemia, passando de 13,2% na terceira semana de agosto para 14,3% na quarta semana do mês. 

Apesar dos números, José Marcio Rego, economista da Fundação Getúlio Vargas, se disse impressionado pelo comportamento do empresariado brasileiro durante a pandemia e diz acreditar que a recuperação da economia será “robusta”.

Leia também

BNDESPar venderá ações da Suzano em oferta de R$7,5 bilhões

‘Inflação do aluguel’ acelera alta na 2ª prévia de setembro a 4,57%, diz FGV

José Marcio Rego, economista da Fundação Getúlio Vargas em entrevista para a CNN
José Marcio Rego, economista da Fundação Getúlio Vargas em entrevista para a CNN (18.set.2020)
Foto: CNN Brasil

“O aumento do desemprego era esperado porque com a maior flexibilização, aumentou o número de pessoas que passaram a procurar o emprego. Acredito que nossa recuperação não será em V, não tenho esse otimismo que Guedes tem. Porém a recuperação será robusta,” disse Rego.

“A economia brasileira está sendo resiliente. A capacidade empresarial brasileira não é desprezível como alguns economistas acreditam. Tivemos uma capacidade de nos adequar que foi notável.”

Mais Recentes da CNN