AB InBev lucra menos que o esperado, mas amplia receita e Ebitda

Por outro lado, a teve expansão anual de 7,9%

Caminhão elétrico da gigante das bebidas AB Inbev
Caminhão elétrico da gigante das bebidas AB Inbev Foto: Divulgação

Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

A Anheuser-Busch InBev (AB InBev), maior cervejaria do mundo, divulgou nesta quinta-feira (28) que obteve lucro líquido de US$ 250 milhões no terceiro trimestre de 2021, representando uma fração do ganho de US$ 1,04 bilhão apurado em igual período do ano passado.

O resultado ficou bem abaixo da expectativa de analistas consultados pela FactSet, que previam lucro de US$ 501,5 milhões entre julho e setembro.

Por outro lado, a receita da AB InBev teve expansão anual de 7,9%, no trimestre, a US$ 14,27 bilhões, e seu Ebitda normalizado avançou 3%, a US$ 5,21 bilhões, superando o consenso da FactSet, de US$ 4,97 bilhões.

A AB InBev, que é controladora da AmBev no Brasil, também ajustou sua previsão de alta do Ebitda normalizado neste ano, para uma faixa de 10% a 12%. Anteriormente, a estimativa era de crescimento de 8% a 12%.

Tópicos

Mais Recentes da CNN