Ações da GameStop recuam 13% após plano de vender 3,5 milhões de papéis

A venda de ações renderia à empresa mais de US$ 670 milhões ao preço de fechamento de quinta-feira (1) de US$ 191,45

Um homem fala ao telefone em frente à GameStop, em fevereiro de 2021, em Nova York.
Um homem fala ao telefone em frente à GameStop, em fevereiro de 2021, em Nova York. Foto: Foto de John Smith / VIEWpress via Getty Images

Uday Sampath, da Reuters

Ouvir notícia

As ações da GameStop recuavam nas negociações pré-mercado nesta segunda-feira (5), depois que a varejista de videogames disse que pode vender até 3,5 milhões de ações, enquanto tenta tirar proveito do aumento das cotações após um frenesi conduzido pelo Reddit.

A venda de ações renderia à empresa mais de US$ 670 milhões ao preço de fechamento de quinta-feira (1) de US$ 191,45. Os papéis subiram mais de 900% neste ano e chegaram a bater US$ 482,95, com os operadores de varejo apostando contra hedge funds de Wall Street que haviam vendido as ações.

A GameStop disse que usaria os recursos da oferta de ações para acelerar a mudança em seu modelo de negócios para o e-commerce, um plano que está sendo liderado pelo principal acionista e membro do conselho, Ryan Cohen.

A empresa disse que protocolou o prospecto de oferta de ações no mercado junto à Securities and Exchange Commission (SEC, regulador do mercado de capitais dos EUA).

As ações caíam 13%, para US$ 166 no pré-mercado.

Separadamente, a GameStop disse que as vendas globais para o período de nove semanas encerrado em 4 de abril aumentaram cerca de 11%.

Mais Recentes da CNN