Ações da Telecom Italia sobem após interesse da KKR voltar à pauta

Uma reunião do conselho para elaborar uma resposta à proposta da KKR pode ser realizada no domingo

Logotipo da Telecom Italia é visto na sede no bairro de Rozzano, em Milão
Logotipo da Telecom Italia é visto na sede no bairro de Rozzano, em Milão Reuters/Stefano Rellandini

Por Elvira Pollina, da Reuters

Ouvir notícia

As ações da Telecom Italia avançaram mais de 10% nesta terça-feira (8), depois que um jornal italiano disse que o fundo norte-americano KKR ainda estaria interessado na aquisição da companhia, embora a um preço mais baixo.

A KKR poderia confirmar seu interesse em uma transação, mas a um preço de cerca de 0,40 euros por ação, informou o Il Messaggero.

A KKR fez uma abordagem não vinculante à Telecom Italia em novembro, a 0,505 euros por ação, avaliando a maior empresa de telecomunicações da Itália em 10,8 bilhões de euros (US$ 11,8 bilhões).

A KKR e a Telecom Italia não comentaram o assunto nesta terça-feira.

As ações da Telecom Italia, que caíram nas últimas três sessões, subiram até 10,7% na máxima da sessão nesta terça-feira. Por volta de 11h40 (horário de Brasília), os papéis avançavam 7,3%, contra uma alta de 2,6% no índice acionário de referência italiano Ftse/Mib.

Uma reunião do conselho para elaborar uma resposta à proposta da KKR pode ser realizada no domingo, assim que os assessores da Telecom Italia concluírem uma análise para comparar uma ideia de reestruturação interna com o plano da KKR, disseram duas fontes com conhecimento do assunto à Reuters na segunda-feira (7).

Antes disso, os assessores da Telecom Italia pediram ao fundo dos Estados Unidos esclarecimentos sobre se os termos de sua oferta de novembro ainda são válidos, acrescentaram as fontes.

As ações permanecem bem abaixo do patamar proposto na aquisição, enquanto o principal acionista da Telecom Italia, a Vivendi, indicou que a oferta estava muito baixa.

Um prejuízo anual relatado na semana passada e um plano autônomo que até agora não conseguiu conquistar os investidores aumentam a pressão sobre a companhia.

Cisão

O plano do presidente-executivo da Telecom Italia, Pietro Labriola, está centrado na cisão dos negócios de rede fixa das operações de varejo.

Na semana passada, Labriola disse que o plano da KKR para a Telecom Italia era semelhante, mas que estava convencido de que fazê-lo internamente poderia gerar mais valor para os investidores, incluindo acionistas minoritários.

Alguns membros do conselho de administração da Telecom Italia têm ressalvas quanto a abandonar a proposta da KKR sem mais conversas com o fundo, disse uma fonte familiarizada com o assunto na segunda-feira.

Mais Recentes da CNN