Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ações europeias avançam com impulso de AstraZeneca e ASM

    Farmacêutica britânica AstraZeneca saltou 4,2% após afirmar que assumirá o controle total da Caelum Biosciences em um acordo de até US$ 500 milhões

    Índice pan-europeu STOXX 600 subiu 0,6%, com os investidores originados para trás a queda de 2,2% registrada na sessão anterior
    Índice pan-europeu STOXX 600 subiu 0,6%, com os investidores originados para trás a queda de 2,2% registrada na sessão anterior Getty Images

    Sruthi ShankarShreyashi Sanyalda Reuters

    Ouvir notícia

    As ações europeias subiram nesta quarta-feira (29)  após uma das piores liquidações do mercado este ano, com a AstraZeneca impulsionando o setor de saúde depois de um acordo para comprar uma farmacêutica focada em doenças raras, enquanto a produtora de equipamentos de chips  ASM ganhou terreno depois de previsão otimista de balanço.

    A farmacêutica britânica AstraZeneca saltou 4,2% após afirmar que assumirá o controle total da Caelum Biosciences em um acordo de até US$ 500 milhões.

    O índice pan-europeu STOXX 600 subiu 0,6%, com os investidores originados para trás a queda de 2,2% registrada na sessão anterior.

    As ações globais despencaram na terça-feira, com os conhecimentos dos títulos norte-americanos subindo em meio a expectativas crescentes de aumentos mais rápidos dos juros pelo Federal Reserve, afastando os investidores das ações de tecnologia de alto crescimento.

    O setor de tecnologia europeu caiu 0,7%, ampliando suas quedas de terça-feira, mas a ASM Internacional saltou quase 3,9% no dia após elevar sua previsão para as encomendas do terceiro trimestre.

    Em Londres, o índice Financial Times avançou 1,14%, a 7.108,16 pontos.

    Em Frankurt, o índice DAX subiu 0,77%, a 15.365,27 pontos.

    Em Paris, o índice CAC-40 ganhou 0,84%, a 6,560,80 pontos.

    Em Milão, o índice Ftse / Mib teve valorização de 0,64%, a 25.736,85 pontos.

    Em Madri, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,25%, a 8.879,40 pontos.

    Em Lisboa, o índice PSI20 valorizou-se 0,58%, a 5.419,47 pontos.

    Mais Recentes da CNN