Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ações europeias fecham em queda com preocupações sobre uma recessão global

    Índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,67%, a 413,42 pontos, e encerrou um rali de três dias

    Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,15%, a 7.312,32 pontos
    Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,15%, a 7.312,32 pontos Toby Melville/Reuters

    Devik JainSusan Mathewda Reuters

    Ouvir notícia

    As ações europeias caíram nesta quarta-feira (29), conforme se intensificavam as preocupações sobre uma recessão global depois que a chefes do Banco Central Europeu (BCE) e o chair do Federal Reserve mantiveram sua postura agressiva em relação à inflação.

    O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,67%, a 413,42 pontos, e encerrou um rali de três dias.

    As perdas foram amplas, com destaque para os setores imobiliário e automotivo, que recuaram 3,5% e 2,6% respectivamente. Bancos e mineradoras estavam entre os outros setores que mais pesaram sobre índice de referência.

    É improvável que a era de inflação ultrabaixa que precedeu a pandemia volte e os bancos centrais precisam se ajustar às expectativas de crescimento de preços significativamente mais altas, disse a presidente do BCE, Christine Lagarde.

    Por sua vez, o chair do Fed, Jerome Powell, afirmou que, embora haja risco de recessão, o maior risco é o aumento dos preços.

    “Dada a natureza arisca dos investidores no momento, o comentário de Powell sobre o controle da inflação exigir ‘um pouco de dor’ deve fazer com que mais investidores apertem o botão de venda”, disse Chris Beauchamp, analista-chefe de mercado da plataforma de negociação online IG.

    “Parece que ainda estamos na primeira fase desse mercado em baixa… Até agora, uma recuperação sustentada parece improvável.” O STOXX 600 perde mais de 15% este ano e caminha para seu pior trimestre desde que a Covid-19 provocou perdas em 2020, à medida que a incerteza sobre a guerra Rússia-Ucrânia, o aumento das pressões sobre os preços e a política monetária afetam o apetite por risco.

    • Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,15%, a 7.312,32 pontos;
    • Em Frankfurt, o índice DAX caiu 1,73%, a 13.003,35 pontos;
    • Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 0,90%, a 6.031,48 pontos;
    • Em Milão, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,21%, a 21.833,50 pontos;
    • Em Madri, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,56%, a 8.188,00 pontos;
    • Em Lisboa, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,66%, a 6.131,79 pontos.

    Mais Recentes da CNN