Ações europeias recuam de níveis pré-guerra; índices fecham em queda

STOXX 600 encerrou esta quarta em queda de 0,41%, a 460,19 pontos

Pessoas transitam pelo lobby da Bolsa de Londres, Reino Unido
Pessoas transitam pelo lobby da Bolsa de Londres, Reino Unido Suzanne Plunkett/Reuters

Shreyashi SanyalAnisha Sircarda Reuters

Ouvir notícia

As ações europeias recuaram após três sessões consecutivas de ganhos nesta quarta-feira (30), com investidores pausando para fazer um balanço do resultado de negociações de paz entre Rússia e Ucrânia.

O índice pan-europeu STOXX 600, na terça-feira, fechou em níveis que atingiu antes do conflito, depois que discussões de paz entre Moscou e Kiev deram o sinal mais tangível de progresso até agora para negociar o fim da guerra.

Forças russas bombardearam os arredores de Kiev e uma cidade no norte da Ucrânia nesta quarta-feira, um dia depois de Moscou prometer reduzir as operações nesses locais.

O STOXX 600 encerrou esta quarta em queda de 0,41%, a 460,19 pontos, enquanto os setores expostos a commodities ficaram em território positivo. As mineradoras e o setor de energia ganharam 2,4% e 3,3%, respectivamente, com a recuperação dos preços do petróleo e dos metais.

Dada a alta nos preços das commodities desde o início da guerra, os papéis de energia acumulam ganho de 4,7% neste mês, enquanto as mineradoras avançam mais de 6%, superando amplamente o ganho de 1,6% do STOXX 600 no mesmo período.

  • Em Londres, o índice Financial Times avançou 0,55%, a 7.578,75 pontos;
  • Em Frankfurt, o índice DAX caiu 1,45%, a 14.606,05 pontos;
  • Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 0,74%, a 6.741,59 pontos;
  • Em Milão, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,03%, a 25.300,25 pontos;
  • Em Madri, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,74%, a 8.550,60 pontos;
  • Em Lisboa, o índice PSI20 valorizou-se 1,45%, a 6.007,68 pontos.

Mais Recentes da CNN