Ações europeias se recuperam de liquidação provocada por Ômicron

Índice FTSEurofirst 300 subiu 1,8%, aos 1.825 pontos, enquanto o pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,71%, aos 471 pontos

Bolsa de Valores de Frankfurt
Bolsa de Valores de Frankfurt REUTERS

Anisha SircarSusan Mathewda Reuters

São Paulo

Ouvir notícia

O mercado acionário europeu registrou a melhor sessão em quase seis meses nesta quarta-feira (1º), com investidores aproveitando para comprar ações pressionadas nas últimas sessões por preocupações com a variante Ômicron do coronavírus.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 1,8%, aos 1.825 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,71%, aos 471 pontos, após forte liquidação na sessão anterior que levou o índice a mínimas de sete semanas.

O índice encerrou novembro com perda de 2,6% e está a 4% da máxima recorde atingida em meados do mês passado.

As ações industriais deram o maior impulso ao STOXX 600 nesta sessão. Entre os setores, o automobilístico e o de viagem e lazer subiram 3,8% e 3,1%, respectivamente.

Veja como ficaram os mercados europeus no fim da sessão de hoje:

  • Em Londres, o índice Financial Times avançou 1,55%, aos 7.168 pontos;
  • Em Frankfurt, o índice DAX subiu 2,47%, aos 15.472 pontos;
  • Em Paris, o índice CAC-40 ganhou 2,39%, aos 6.881 pontos;
  • Em Milão, o índice Ftse/Mib teve valorização de 2,16%, aos 26.371 pontos;
  • Em Madri, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,78%, aos 8.452 pontos;
  • Em Lisboa, o índice PSI20 valorizou-se 0,75%, aos 5.473 pontos.

Mais Recentes da CNN