Acordo tributário deve ser implementado em 2024, prevê secretário-geral da OCDE

Mathias Cormann falou sobre a implementação do imposto corporativo mínimo global de 15% em painel do Fórum Econômico Mundial, em Davos

Secretário-geral da OCDE, Mathias Cormann, está em Davos para o Fórum Econômico Mundial
Secretário-geral da OCDE, Mathias Cormann, está em Davos para o Fórum Econômico Mundial 01/06/2021. Ian Langsdon/Pool via REUTERS

Gabriel Caldeira, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O secretário-geral da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Mathias Cormann, disse ser provável que a implementação do imposto corporativo mínimo global de 15% aconteça apenas em 2024, um ano após o previsto inicialmente pela entidade.

“Nós, deliberadamente, dissemos um período muito ambicioso para manter a pressão, achamos que isso ajudou a manter o ritmo. Mas suspeito que seja mais provável que acabemos com a implementação prática de 2024 em diante”, afirmou Cormann, em painel do Fórum Econômico Mundial, em Davos.

Mais Recentes da CNN