Agência de aviação dos Estados Unidos aprova projeto do avião 737 MAX 8200

A agência europeia de aviação ainda precisa realizar aprovação do modelo

Foto: REUTERS/Matt Mills McKnight

David Shepardson,

da Reuters

Ouvir notícia

 A agência norte-americana de aviação FAA aprovou o projeto do Boeing 737-8200, parte da família de aviões 737 MAX, em um passo necessário antes que a fabricante possa começar o modelo para a companhia aérea europeia Ryanair.

A FAA afirmou que o 737-8200 incorpora as melhorias de design que foram aprovadas na revisão de 20 meses do 737 MAX após duas quedas que mataram 346 pessoas.

A Ryanair foi a primeira companhia aérea, em 2014, a encomendar o 737-8200, que é configurado para 197 passageiros. A agência europeia de aviação ainda precisa aprovar o avião.

O 737-8200 pode transportar um máximo de 210 passageiros, afirmou a Boeing.

Em dezembro, a Ryanair, maior companhia aérea da Europa, anunciou pedido firme para mais 75 unidades do 737 MAX 8200, que é uma versão de maior capacidade que o 737-8 MAX.

A Ryanair é o cliente lançador da variante do 737-8 depois que a companhia aérea encomendou 100 unidades, com 100 opções de compra, no final de 2014.

Mais Recentes da CNN