Agência luxuosa de turismo abandona hotéis de Donald Trump

A agência se recusou a explicar por que tomou a decisão; isso ocorre em um momento em que os negócios de Donald Trump foram abalados

Foto: Carlos Barria/Reuters (13.nov.2020)

Jazmin Goodwin, CNN Business*

Ouvir notícia

Virtuoso, um consórcio global de agências de viagens, retirou todos os Hotéis Trump de suas listas exclusivas.

“Os Hotéis Trump não fazem mais parte da rede Virtuoso”, disse a empresa.

A agência de viagens de luxo se recusou a explicar por que tomou a decisão, dizendo que “considera muitas variáveis ??ao revisar a participação na rede existente e nova. Por respeito a todas as partes envolvidas e como política geral, não compartilhamos comentários sobre nossos decisões de não renovação e saída.”

Zenger News, uma agência de notícias digital, foi a primeira a relatar a notícia.

A Virtuoso opera uma rede de mais de 1.100 agências de viagens e cerca de 22.000 consultores de viagens em 50 países.

A agência de viagens desfruta de relacionamentos preferenciais com uma série de “hotéis e resorts, linhas de cruzeiro, companhias aéreas, empresas de turismo e destinos importantes”. Os consultores geralmente trabalham com clientes sofisticados para fornecer “experiências únicas, valores especiais, vantagens gratuitas, tratamento VIP e acesso raro”.

Isso ocorre em um momento em que os negócios de Donald Trump foram abalados.

Mesmo antes de Trump deixar o cargo e seu papel na insurreição do Capitólio dos Estados Unidos trazer mais complicações para seus negócios, a pandemia estava colocando uma pressão considerável nas propriedades da Organização Trump em todo o mundo.

*Esta reportagem foi traduzida. Leia a original clicando aqui
 

A Trump Organization não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Mais Recentes da CNN