Air France faz 1º voo de longa distância usando óleo de cozinha como combustível

A viagem, que durou cerca de sete horas, foi de Paris, na França, até Montreal, no Canadá.

Avião da Air France
Avião da Air France Foto: AaronP/Bauer-Griffin / Colaborador / Getty Images

Ligia Tuon, do CNN Brasil Business

Ouvir notícia

 

A Air France fez  nesta semana o primeiro voo de longa distância usando Sustainable Aviation Fuel (SAF) (combustível de aviação sustentável, na tradução livre), cuja matéria-prima típica é o óleo de cozinha.

A viagem, que durou cerca de sete horas, foi de Paris, na França, até Montreal, no Canadá. Segundo a companhia, o uso do combustível alternativo evitou a emissão de 20 toneladas de CO2.

Na foto abaixo, é possível ver o caminhão de abastecimento ao lado da aeronave, carregado com sete toneladas de SAF, produzido na França em parceria com a Total.

AirFrance opera seu primeiro voo de longa distância equipado com Sustainable Avi
AirFrance opera seu primeiro voo de longa distância equipado com Sustainable Aviation Fuel (SAF) produzido na França
Foto: Reprodução / AirFrance

 

“Esse voo incorpora a ambição da indústria francesa de desenvolver uma liderança em descarbonização da aviação. É o resultado de nossos esforços conjuntos para criar uma indústria de produção de SAF francesa economicamente viável para todos os participantes”, disse Ben Smith, CEO da Air France-KLM, antes de o avião decolar.

 

O anúncio do voo vem ao mesmo tempo em que a França se prepara para aumentar o uso do combustível sustentável pelo setor de aviação. 

A legislação francesa exige que as aeronaves usem pelo menos 1% de SAF até 2022 para todos os voos com origem na França, o que faz parte da ambição europeia programada para aumentar gradualmente 2% até 2025 e 5% até 2030, como parte do Acordo Verde Europeu.

“É reunindo competências que teremos sucesso na transição energética. Estado, indústria, companhias aéreas e autoridades locais devem unir forças para tornar a França um líder neste campo ”, disse o ministro dos Transportes da França Jean-Baptiste Djebbari, na cerimônia.

O Acordo Verde Europeu foi anunciado em 2019 pela Comissão Europeia, com políticas e estratégias para zerar as missões de gases estufa na atmosfera entre os países do bloco até 2050.

 

 

Tópicos

Mais Recentes da CNN