Air France-KLM tem aumento de capital de US$ 1,19 bilhão

A empresa anunciou que pretende emitir 186 milhões de novas ações

Foto: REUTERS/Stephane Mahe

Cícero Cotrim,

do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

 A Air France-KLM iniciou nesta segunda-feira (12), um aumento de capital de 988 milhões de euros (US$ 1,19 bilhão) para fortificar o balanço da unidade francesa da companhia, gravemente atingida pela pandemia no primeiro trimestre. O aumento pode chegar a 1,136 bilhão de euros (US$ 1,35 bilhão) se a opção de acréscimo for integralmente exercida.

A empresa anunciou que pretende emitir 186 milhões de novas ações a preços entre 4,84 euros (US$ 5,76) e 5,31 euros (US$ 6,32). Às 4h34 desta terça-feira (de Brasília), os papéis da Air France-KLM operavam em queda de 3,01% na Bolsa de Paris.

O governo francês, detentor de 14,3% dos papéis da aérea, se comprometeu a participar do aumento de capital até um máximo 650,8 milhões de euros (US$ 774,15 milhões), mas deve limitar a sua participação na empresa em um máximo de 29,9%.

A China Eastern Airlines, dona de uma 8,8% das ações, vai participar do processo, mas manter a sua participação abaixo de 10%, segundo a empresa. O anúncio sobre o aumento de capital veio após a Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia, aprovar até 4 bilhões de euros em ajuda estatal da França para recapitalizar a companhia aérea franco-holandesa.

Mais Recentes da CNN