Alibaba tem vendas acima do esperado no trimestre

A receita cresceu 30% para US$ 23,5 bilhões, mas lucro líquido caiu 63% para US$ 4 bilhões, já que a empresa teve um ganho não recorrente no ano passado

Fachada de prédio da Alibaba, maior provedora de nuvem de dados da Ásia
Fachada de prédio da Alibaba, maior provedora de nuvem de dados da Ásia Foto: Aly Song/Reuters

Munsif Vengattil e Josh Horwitz,

da Reuters

Ouvir notícia

A gigante varejista Alibaba divulgou receita trimestral acima das expectativas nesta quinta-feira (5), com vendas online continuando em crescimento após o fim das medidas de isolamento na China.

A divulgação do balanço trimestral do Alibaba ocorre na esteira da suspensão da oferta inicial de ações de US$ 37 bilhões da afiliada de pagamentos Ant, que foi vista por analistas e investidores como uma tentativa de atingir o fundador Jack Ma e controlar seu império de serviços financeiros.

Leia também:
Suspensão de IPO da Ant deve prejudicar sua avaliação; entenda
AliExpress quer popularizar o ‘11.11’ no Brasil, mas logística ainda é desafio

A receita do negócio de computação em nuvem da Alibaba, uma unidade importante da empresa, saltou 60%, para 14,9 bilhões de iuans (US$ 2,26 bilhões). As vendas da divisão de comércio eletrônico aumentaram 29%, para 130,92 bilhões de iuans (US$ 19,81 bilhões).

O lucro líquido caiu 63%, para 26,52 bilhões de iuans (US$ 4,01 bilhões), já que a empresa teve um ganho não recorrente no ano passado relacionada à participação de 33% na Ant Group.

A receita cresceu 30%, para 155,06 bilhões de iuans (US$ 23,47 bilhões) no trimestre encerrado em setembro, em comparação com estimativas de 154,74 bilhões de iuans (US$ 23,42 bilhões), de acordo com dados da Refinitiv.

As ações da empresa listada nos EUA, que têm alta acumulada de cerca de 39% este ano, caíam 1,8% nos negócios antes da abertura do mercado.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN