AliExpress oferece aviões ao Brasil para trazer insumos da China na pandemia

Braço de comércio eletrônico da gigante chinesa Alibaba realiza quatro voos por semana entre China e Brasil para transportar compras de clientes

Juliana Elias,

do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia


 

A empresa de comércio eletrônico AliExpress, uma das companhias do grupo chinês de tecnologia Alibaba, informou que colocou os voos semanais que faz entre Brasil e China à disposição para trazer materiais que sejam necessários durante a pandemia do novo coronavírus. 

O anúncio é feito em um momento em que o governo federal e também o governo do estado de São Paulo negociam com os chineses o fornecimento da matéria-prima usada na fabricação da Coronavac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida em parceria entre o laboratório chinês Sinovac e o Instituto Butantan. 

“O AliExpress, site de compras internacionais, freta quatro voos por semana da China para o Brasil, para trazer as encomendas realizadas pelos brasileiros”, informou a companhia, em nota. “Com isso, a empresa está aberta a colaborar com sua experiência logística no transporte daquilo que o Brasil precisar para o combate à pandemia.”

 

Mais Recentes da CNN