Alta de energia reduz consumo, produção e renda, explica economista da CNI

País perderá cerca de R$ 22 bilhões do Produto Interno Bruto (PIB) até o fim do ano que vem, com queda no consumo e fechamento de vagas de trabalho

Iuri Corsini e Helena Vieirada CNN

No Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Uma nova pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra como a alta nos custos da energia elétrica provoca perdas para a economia do Brasil.

De acordo com o levantamento, o país perderá cerca de R$ 22 bilhões do Produto Interno Bruto (PIB) até o fim do ano que vem, com queda no consumo e fechamento de vagas de trabalho.

 

 

Em entrevista à CNN nesta quarta-feira (3), o gerente de análise econômica da CNI, Marcelo Azevedo, explicou como a alta nos custos de energia provoca perdas na economia.

Com o aumento dos custos de energia, os preços aumentam, fazendo com que os consumidores passem a consumir importados, se possível, ou reduzir o seu consumo, caso o que gastavam não caiba mais no orçamento.

“Na medida que a produção é reduzida, os empresários percebem que precisam de menos mão de obra e acabam demitindo seus empregados. Isso reduz a renda das famílias, fazendo com que o consumo diminua ainda mais. Assim, vai se criando um efeito cascata”, diz Azevedo.

Veja a entrevista na íntegra acima.

Mais Recentes da CNN