Amazon apresenta ‘táxi robô’ e prepara aplicativo para brigar com o Uber

O robotáxi, que recebe até quatro passageiros, não tem volante, chega a atingir 120 km/h e tem autonomia de 16 horas

Raphael Coraccini,

colaboração para o CNN Brasil Business

Ouvir notícia

A Amazon está tirando a diferença em relação aos adversários na corrida pela criação de serviços de transporte privado via carros autônomos.

A empresa revelou, nesta segunda-feira (14), seu modelo inicialmente conhecido apenas como robotáxi, que deve competir por passageiros nas ruas dos Estados Unidos com a Lyft e a Uber nos próximos anos, mas também com outras empresas como Alphabet e GM, que já estão testando seus táxis autônomos.

Leia também:
Google Maps: Quatro coisas novas que você pode fazer com o aplicativo
Google lança Task Mate, app que paga para você fazer ‘bicos’ para a empresa

A responsável pelo desenvolvimento do carro da Amazon é a Zoox, startup que foi adquirida este ano pela empresa de Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo. O robotáxi, que recebe até quatro passageiros, não tem volante, chega a atingir 120 km/h e tem autonomia de 16 horas, proporcionada por duas baterias instaladas embaixo dos assentos.

Outra diferença importante é a presença de dois motores elétricos, um instalado na parte frontal e outro na traseira. A mecânica e o design do veículo foram projetados para que ele se movimente em qualquer direção.

Além de revolucionar o conceito de carro, o robotáxi tem o desafio de tornar possível um serviço de transporte privado de passageiros via aplicativo para a Amazon. As primeiras corridas devem acontecer em cidades como São Francisco e Las Vegas, segundo a startup.

Porém, ainda que os carros já estejam sendo fabricados, as corridas, ainda vão demorar um tempo para acontecer. O aplicativo não estará disponível antes do final de 2021.

Zoox Taxi Robô
Foto: Zoox/Divulgação

Produção 

A empresa já está produzindo seus primeiros exemplares do táxi autônomo em uma fábrica em Fremont, na Califórnia, que poderá levar às ruas até 15 mil unidades anualmente em sua capacidade máxima, segundo os executivos da Zoox.

Com o lançamento, a Amazon avança na disputa com a Alphabet, dona do Google, que apostou na startup Waymo para criar o seu táxi sem motorista. O projeto já está sendo testado em Phoenix, no Arizona.

A Cruise desenvolve tecnologia de carros autônomos para a General Motors e também já testa carros em São Francisco, mas usando veículos adaptados, como o Chevrolet Bolt.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN