Amazon aumenta piso salarial nos EUA a US$ 18 por hora para contratar 125 mil

Varejistas estão com dificuldades para contratar empregados em meio a um mercado de trabalho apertado

Varejista também anunciou um bônus para novos funcionários em alguns locais
Varejista também anunciou um bônus para novos funcionários em alguns locais REUTERS/Francis Mascarenhas

Nivedita Baluda Reuters

Ouvir notícia

A Amazon aumentou seu salário médio inicial para US$18 por hora nesta terça-feira (14) e informou que planeja contratar mais de 125 mil trabalhadores para atuar com depósito e transporte nos Estados Unidos.

A Reuters revelou com exclusividade a notícia mais cedo nesta terça-feira.

A maior varejista online do mundo também disse que pagaria um bônus de assinatura (quantia paga a um novo funcionário) de US$ 3 mil em alguns locais e que o salário por hora poderia subir para US$ 22,50.

A Amazon foi uma das primeiras varejistas a definir um salário mínimo de US$ 15 por hora em 2018. Ela havia informado em maio que pagaria um salário médio de cerca de US$ 17 (por hora).

A empresa está contratando trabalhadores para administrar as 100 instalações de logística que vai lançar neste mês nos Estados Unidos, além das mais de 250 inauguradas no início deste ano. A equipe adicional também ajudará a implementar a entrega com prazo de um dia para os membros Prime, o clube de fidelidade da Amazon.

As varejistas estão com dificuldades para contratar empregados em meio a um mercado de trabalho apertado e, para atraí-los, têm oferecido benefícios e bônus de assinatura.

O Walmart disse no início deste mês que planeja contratar 20 mil trabalhadores para seu departamento de cadeia de suprimentos antes da movimentada temporada de férias.

Mais Recentes da CNN