Apagão no Rio de Janeiro e em Minas Gerais será investigado pelo ONS

Conclusão de relatório sobre o caso deve acontecer em cerca de 20 dias

Pedro Duranda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) vai investigar o apagão que ocorreu em cidades do Rio de Janeiro e de Minas Gerais na noite de sábado (18). De acordo com especialistas da área de energia, a conclusão de um relatório técnico tem previsão de conclusão de do mínimo 20 dias podendo estender por mais tempo.

A empresa Furnas, geradora de energia que integra o sistema Eletrobras, também iniciou uma apuração interna para analisar as causas do apagão. De acordo com a estatal, uma falha na subestação de Rocha Leão, localizada no município de Rio das Ostras, região dos Lagos fluminense, provocou o desligamento do sistema, que ocorreu aproximadamente entre 21h20 e 22h30.

O ONS garantiu que a falta de energia nos municípios não teve relação com a crise hídrica no país. Com o relatório sobre o caso, as empresas também serão aconselhadas para que uma situação como essa não volte a acontecer.

Comitê de crise

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), instituiu um comitê de crise prevendo a chance de impactos da crise hídrica no abastecimento de energia. O objetivo é discutir medidas de curto, médio e longo prazo.

Mais Recentes da CNN