Aplicativo do Google que ensina programação ganha versão em português 

O aplicativo, idealizado pelo Google, tem como intuito ensinar conceitos de programação -- mesmo que a pessoa não tenha nenhuma noção básica

Programação
Programação Foto: Unsplash

Juliana Faddul, colaboração para o CNN Brasil Business

Ouvir notícia

 

Está disponível a partir desta terça-feira (8) a versão em português do Grasshopper para dispositivos Android e desktop. O aplicativo, idealizado pelo Google, tem como intuito ensinar conceitos de programação — mesmo que a pessoa não tenha nenhuma noção básica- por meio de jogos interativos. Ou seja, conceitos de codificação -como funções, loops e variáveis- são ensinados de forma lúdica. 

“Nosso curso de introdução às páginas da Web inclui um novo currículo baseado em projeto focado na construção e design de um site do zero. Ensinamos aos programadores iniciantes os fundamentos de Javascript necessários para construir um site, bem como novos cursos baseados em HTML e CSS”, diz o material de divulgação do aplicativo. 

 

A ideia é que, após apenas quatro cursos, os programadores iniciantes possam entender como construir uma página da web simples, segundo os organizadores.  

Agora, nativos da língua portuguesa poderão ler as instruções, obter suporte e receber feedback sem precisar de tradução do inglês.

O aplicativo também está disponível em desktop, para quem prefere aprender em telas maiores –inclusive tem duas novas classes projetadas especificamente para quem preferir estudar usando laptop ou desktop: a “Usando um Editor de Código” e “Introdução às Páginas da Web”. 

Mulheres e tecnologia

Segundo estudo feito pela Softex (Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro), com dados do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), dobrou na última década o número de mulheres trabalhando com TI no Brasil. No entanto, as mulheres ainda representam menos de um quarto do total de trabalhadores da área.

Segundo o Google, um dos objetivos do Grasshopes (que inclusive ganha este nome por ser uma homenagem a Grace Hopper, uma das pioneiras na programação) é aumentar o número de mulheres na área de tecnologia. 

 

Mais Recentes da CNN