Após Stone, Totvs abre disputa e faz proposta para combinar negócios com a Linx

A operação com a Totvs, se aprovada, resultará, no recebimento pelos acionistas da Linx de 1 ação da Totvs e R$ 6,20 para cada papel da Linx que possuam

 
  Foto: Wolfgang Rattay/Reuters

Paula Arend Laier, da Reuters

Ouvir notícia

A Totvs enviou ao conselho de administração da Linx nesta sexta-feira proposta de combinação de negócios, afirmou a companhia em fato relevante, poucos dias após anúncio da compra da Linx pela empresa de meios de pagamentos StoneCo.

A operação com a Totvs, se aprovada, resultará, no recebimento pelos acionistas da Linx de 1 ação da Totvs e R$ 6,20 para cada papel da Linx que possuam, passando os acionistas da Linx a terem cerca de 24% do capital total e votante da Totvs.

Leia também:
Stone compra Linx por R$ 6 bi e inicia nova fase da ‘guerra das maquininhas’
CVM abre duas investigações envolvendo Linx após anúncio de fusão com StoneCo

“A transação possui um forte racional estratégico em razão da alta complementariedade de mercados, soluções e serviços, resultando em uma substancial criação de valor para as companhias, seus respectivos acionistas, clientes e colaboradores”, afirmou a Totvs no documento.

A empresa de meios de pagamentos StoneCo anunciou na última terça-feira acordo vinculante para unir sua área de software com a Linx, numa transação em dinheiro e ações que avalia a empresa de software para varejo em R$ 6,4 bilhões.

A operação com a StoneCo prevê multa de R$ 605 milhões se a Linx realizar uma operação concorrente envolvendo uma oferta melhor de terceiro.

Na quinta-feira, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu processos administrativos envolvendo a Linx.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN