Após suspender leilão por alta de preços, governo reduz adição exigida no diesel

Segundo o Ministério de Minas e Energia, medida evita que o consumidor final pague mais caro pelo produto, o que teria efeitos negativos à economia do país

Caminhão abastece com diesel em posto em São José dos Campos (SP)
Caminhão abastece com diesel em posto em São José dos Campos (SP) Foto: Lucas Lacaz Ruiz/Estadão Conteúdo

Ligia Tuon, do CNN Business, em São Paulo*

Ouvir notícia

 

O presidente Jair Bolsonaro aprovou nova resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) que reduz de 13% para 10% a mistura obrigatória do biodiesel no óleo diesel fóssil. As informações foram publicadas em edição extra do Diário Oficial desta terça-feira (13).

Em nota, o Ministério de Minas e Energia diz que a medida, válida especificamente para o 79º Leilão de Biodiesel, vai evitar que o consumidor final pague mais caro pelo produto, o que teria efeitos negativos à economia do país.

 

“A medida decorre dos efeitos da valorização do custo do óleo de soja nos mercados brasileiro e internacional, combinados com a desvalorização cambial da moeda brasileira frente ao dólar, que tem impulsionado as exportações de soja e também encarecido o valor do biodiesel produzido nacionalmente”, diz a pasa.

O Ministério acrescenta ainda que essa realidade, alinhada com os resultados preliminares da apresentação das ofertas dos produtores de biodiesel no 79º Leilão de Biodiesel, revela a possibilidade de excessivo incremento do preço do óleo diesel, “o que implicaria uma série de efeitos negativos ao transporte de cargas e à economia do país”.

A etapa 3A do 79º Leilão de Biodiesel, que visa abastecer o mercado em maio e junho, foi interrompida na semana passada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a pedido do Ministério de Minas e Energia, por causa dos preços do biocombustível.

No momento de suspensão, os valores já apontavam para R$ 7,5 por litro, quase três vezes o valor do diesel fóssil nas refinarias da Petrobras, segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom).

No leilão anterior, o preço médio do biodiesel fechou em R$ 4,708 litro, sem considerar a margem da adquirente.

*Com informações da Reuters

 

Mais Recentes da CNN