Apple inclui fornecedores e empresas de chips em compromisso de energia limpa

Cerca de 175 dos fornecedores se comprometeram a usar energia renovável para o trabalho que fazem para a companhia

A empresa também anunciou que estava fornecendo financiamento para 10 projetos menores de energia renovável com o objetivo de ajudar comunidades com poucos recursos
A empresa também anunciou que estava fornecendo financiamento para 10 projetos menores de energia renovável com o objetivo de ajudar comunidades com poucos recursos Foto: REUTERS/Leonhard Foeger

Stephen Nellisda Reuters

Ouvir notícia

A Apple disse nesta quarta-feira (27) que 175 de seus fornecedores se comprometeram a usar energia renovável para o trabalho que fazem para a companhia, ajudando a trazer mais de 9 gigawatts de energia limpa para as redes elétricas.

As empresas devem se comprometer a usar fontes de energia como solar ou eólica, o que faz parte dos esforços da Apple anunciados no ano passado para que seus produtos tenham o que chama de impacto climático “líquido zero”.

Entre a nova rodada de fornecedores está a SK Hynix da Coreia do Sul, que fornece chips de memória para dispositivos Apple e será uma das primeiras empresas coreanas a aderir ao programa da empresa.

Também se juntará ao fabricante franco-italiano de chips STMicroelectronics, um dos principais fornecedores de sensores e outros chips para iPhones que, segundo a Apple, iniciou nove novos projetos de energia renovável desde que se comprometeu com o programa.

A Apple agora tem fornecedores no programa em 24 países, incluindo Índia, Japão e Coreia do Sul.

A empresa também anunciou que estava fornecendo financiamento para 10 projetos menores de energia renovável com o objetivo de ajudar comunidades com poucos recursos.

Mais Recentes da CNN