Apple, Tesla, Alibaba: B3 começa a negociar ETF de tecnologia nesta quinta (29)

Trata-se do oitavo ETF (fundo de índice) Internacional listado na bolsa do brasil e primeiro atrelado a um índice de tecnologia

Operador da bolsa de valores brasileira, a B3, em 7 de janeiro de 2016
Operador da bolsa de valores brasileira, a B3, em 7 de janeiro de 2016 Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Matheus Prado,

do CNN Brasil Business, em São Paulo*

Ouvir notícia

 A B3 começa a negociar, a partir desta quinta-feira (29), o oitavo ETF (fundo de índice) Internacional listado na bolsa brasileira e o primeiro atrelado a um índice de tecnologia. O ativo funciona de forma semelhante a uma ação e pode ser comprado por qualquer tipo de investidor.

Trata-se do TECK11, papel que segue o índice NYSE FANG+™ e possui em sua composição Facebook, Apple, Amazon, Netflix, Google, Alibaba, Baidu, NVIDIA, Tesla e Twitter. O produto é gerido pela Itaú Asset Management.

“Esses fundos de índices negociados em bolsas de valores são instrumentos que atraem pela simplicidade no processo de alocação, e pela diversificação que podem proporcionar à carteira de investimentos”, diz Renato Eid, Head de estratégia beta e integração ESG da Itaú Asset.

“No TECK11, conseguimos desenhar um único fundo que investe em grandes empresas presentes no nosso dia a dia, e ainda com exposição à variação cambial. Tudo isso com aplicação mínima inferior a R$100.” 

Mais Recentes da CNN