Arábia Saudita construirá cidade zero carbono na zona de negócios do país

Em comunicado saudita, a construção teria início no primeiro trimestre de 2021

Reuters

Ouvir notícia

O príncipe herdeiro da Arábia Saudita anunciou, neste domingo (10), planos para construir uma cidade de carbono zero no NEOM, uma zona de negócios carro-chefe de US$ 500 bilhões que visa diversificar a economia baseada no petróleo do reino.

O príncipe Mohammed bin Salman disse em comentários na televisão que a cidade, que será capaz de abrigar 1 milhão de residentes, compreenderia “empreendimentos urbanos positivos em carbono movidos a energia 100% limpa”.

Um comunicado saudita disse que a construção teria início no primeiro trimestre de 2021, e que o projeto deve contribuir com US$ 48 bilhões para o PIB do reino.

Leia também:
Alta do Bitcoin pode ser “a mãe de todas as bolhas”, diz Bank of America
Selic deve subir em 2021; saiba como isso impacta os investimentos em renda fixa
Fundação Estudar tem vagas para bolsas de graduação e pós no país ou no exterior

 

Rei Salman da Arábia Saudita
Rei Salman da Arábia Saudita
Foto: Twitter/ King Salman/ Reprodução

Mais Recentes da CNN