Aumento de gastos públicos causará carga tributária mais alta, diz economista

Ana Paula Vescovi, ex-secretária do Tesouro Nacional, também afirmou que a falta de dinheiro não é um problema para o país, mas sim sua distribuição

Da CNN*

Em São Paulo

Ouvir notícia

Em meio às incertezas do cenário fiscal após a aprovação da PEC dos Precatórios para aumentar os gastos públicos, a ex-secretária do Tesouro Nacional Ana Paula Vescovi afirmou que o aumento destes gastos causará uma carga tributária mais alta aos brasileiros.

“Estamos sem uma âncora fiscal para dar credibilidade em um horizonte de relativamente médio prazo. Se virmos, consecutivamente, aumento de gastos públicos, daqui a pouco teremos que aumentar a carga tributária de novo no Brasil. Já temos uma dívida alta, bem maior do que em países emergentes. Voltamos aos efeitos contraproducentes da elevação dos gastos públicos”, afirmou Ana Paula Vescovi.

“Nós já passamos por essa experiência anteriormente. A condição de gerarmos empregos, de atendermos aumento da renda de classes mais vulneráveis, isso foi bem sucedido no Brasil. O que deu errado foi gastar mais que pode, fazer a dívida pública crescer, gerar inflação, que tira renda justamente dos mais pobres, faz com que o BC tenha uma sobrecarga para agir só com a política monetária- a Selic – para controlar a inflação, isso gera juros altos, desencadeando em recessão”, avalia a economista.

Vescovi afirma que o país está em um processo “de longa data de perda e piora das condições financeira do Brasil”.

“Depreciação cambial, mais inflação, juros subindo, BC tendo que amentar essa subida, isso contém o crescimento. Por uma questão de curto prazo, o mercado prefere aceitar uma situação que gera menos incerteza. Então, a aprovação da PEC [dos Precatórios]  tirou um pouco da incerteza. Isso leva a dar essa sensação de melhora. Mas estamos projetando índices piores de inflação, mais taxas de juros, percebendo dificuldades no BC..Se vemos o aumento dos gastos públicos, fica a incerteza.”

E a inflação, ela diz, também é uma forma de financiar o gasto público. “O brasil está em déficit há mais de 7 anos, não estamos arrecadando o suficiente para pagar nossas contas. “Só existe uma forma de pagar nossas contas: refazermos o orçamento público, porque não falta dinheiro, dando prioridade a quem realmente mais precisa do estado e, sem ele, não pode viver”, afirmou Vescovi.

“O mais importante a ter em mente neste momento é que essa PEC altera a essência do teto de gastos, que era nossa principal âncora.”

 

*publicado por Ana Carolina Nunes

Mais Recentes da CNN