Auxílio emergencial: Governo anuncia novo calendário de pagamento; veja as datas

Pagamentos têm início no dia 18 de agosto

Pagamento do auxílio emergencial 2021 é liberado
Pagamento do auxílio emergencial 2021 é liberado Foto: Arthur Souza/Photopress/Estadão Conteúdo

Anna Gabriela Costa, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro da Cidadania, João Roma, anunciaram na tarde desta quinta-feira (12) o novo calendário de pagamento do auxílio emergencial para os meses de agosto, setembro e outubro.

A rodada de pagamentos tem início no dia 18 de agosto, contemplando os beneficiários do programa Bolsa Família e, em seguida, o calendário continua por ordem de data de nascimento.

Estas serão as 5ª, 6ª e 7ª rodadas de pagamento do benefício, e o investimento será de R$ 20 bilhões, segundo o ministro da Cidadania João Roma.

“Hoje divulgamos o calendário das outras três parcelas que o presidente autorizou, isso corresponde a um incremento de mais de R$ 20 bilhões para fazer jus a mais três parcelas do auxílio emergencial que se dá agora nos meses de agosto, setembro e outubro”, afirmou Roma. 

Bolsonaro reiterou que após o pagamento da última parcela do auxílio emergencial, em outubro, o governo federal dará início a um novo programa de incentivo financeiro, o Auxílio Brasil.

“Como não voltamos à normalidade, iniciou-se o ano de 2021 e nós prorrogamos uma nova fase para o auxílio emergencial. Esses três meses terminam quando teremos o novo programa Auxílio Brasil, onde, segundo acertado com a equipe econômica, o reajuste será de 50% do que se paga na média do Bolsa Família atualmente”, disse o presidente.

Confira o calendário de pagamento das próximas parcelas do Auxílio Emergencial:

 

 

Mais Recentes da CNN