Auxílio emergencial vai variar de R$ 175 a R$ 375, diz Guedes

O benefício pode variar de acordo com o perfil da família: se for monoparental dirigida por uma mulher é R$ 375 e, se for um homem sozinho, é de R$ 175

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Anna Russi, do CNN Brasil Business, em Brasília

Ouvir notícia

 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou o valor médio de R$ 250 para a nova rodada do auxílio emergencial em 2021. No entanto, o benefício pode variar de acordo com o perfil da família.

“(R$ 250) Esse é um valor médio. Se for uma família monoparental dirigida por uma mulher é R$ 375. Se for um homem sozinho é R$ 175”, comentou nesta segunda-feira (8). 

Ainda não está claro, no entanto, se nas famílias formadas por casal, com ou sem filhos, os dois poderão retirar o benefício, como no ano passado. “Isso é o ministério da Cidadania. Só fornecemos os parâmetros básicos”, acrescentou o ministro. 

A expectativa é que a nova rodada do auxílio seja liberada ainda neste mês. Ainda no aguardo da aprovação da PEC Emergencial na Câmara dos Deputados, que destrava o pagamento do benefício, o número de parcelas ainda não foi divulgado. 

Já aprovada no Senado, a proposta não define o valor mensal do auxílio, mas fixa um teto de R$ 44 bilhões para o custo total do benefício.

Mais Recentes da CNN