B3 avalia emissão externa de dívida, que pode aumentar guidance de endividamento

Objetivo da potencial emissão é diversificar fontes de captação da empresa

Companhia fará reuniões com potenciais investidores
Companhia fará reuniões com potenciais investidores REUTERS/Rahel Patrasso

Paula Arend Laierda Reuters

Ouvir notícia

A B3 comunicou nesta sexta-feira (10) que está avaliando uma emissão de títulos da dívida no mercado internacional, que se confirmada resultará no aumento do guidance de endividamento da operadora de infraestrutura de mercado.

De acordo com o fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a B3 pretende iniciar reuniões com potenciais investidores visando essa operação a partir desta sexta-feira.

Caso a operação seja realizada, a alavancagem financeira medida pela relação dívida bruta sobre Ebitda poderá, temporariamente, ultrapassar o valor de 1,5 vezes.

“Com isso, sujeito à efetivação da operação, o guidance de alavancagem financeira para 2021 deverá ser revisado para 2,0 vezes dívida bruta sobre Ebitda recorrente dos 12 meses anteriores”, afirmou.

A B3 disse que a potencial emissão busca diversificar as fontes de captação da companhia e está alinhada com sua estratégia de otimizar a gestão e custo de seu endividamento.

Mais Recentes da CNN