Banco Central Europeu dá primeiro passo para lançar versão digital do euro

O período de teste deve ser de 24 meses e ser seguido por três anos de implementação

Logo do Banco Central Europeu em Frankfurt, Alemanha
Logo do Banco Central Europeu em Frankfurt, Alemanha Foto: REUTERS/Ralph Orlowski

Por Francesco Canepa, da Reuters

Ouvir notícia

 O Banco Central Europeu (BCE) deu o primeiro passo nesta quarta-feira (14) para o lançamento de uma versão digital do euro, parte de um esforço mundial para atender à crescente demanda por meios eletrônicos de pagamento e enfrentar o “boom” das criptomoedas.

Um equivalente eletrônico de cédulas e moedas, o euro digital provavelmente será uma carteira digital que os cidadãos da zona do euro poderão manter no BCE, em vez de em um banco comercial.

O Conselho do BCE deu formalmente o sinal verde para a fase de testes do projeto nesta quarta-feira. O período deve ser de 24 meses e ser seguido por três anos de implementação.

O principal objetivo da iniciativa é evitar deixar os pagamentos digitais para o setor privado, especialmente se o uso de dinheiro físico começar a diminuir, como aconteceu na Suécia.

“Nosso trabalho visa garantir que, na era digital, os cidadãos e as empresas continuem a ter acesso à forma mais segura de dinheiro, o dinheiro do banco central”, disse a presidente do BCE, Christine Lagarde.

O BCE vai começar agora a trabalhar na concepção do euro digital, consultando partes interessadas que vão de bancos a varejistas.

A autoridade monetária também vai começar discussões com legisladores da UE para buscar mudanças legislativas que podem ser necessárias já que o euro digital não está previsto pelos tratados que criaram o bloco de países.

Mais Recentes da CNN