BC chinês anuncia que Ant Group abrirá empresa de pontuação de crédito

Fintech controlada pelo bilionário chinês Jack Ma, tem sede em Hangzhou, na província de Zhejiang, no leste da China

Exterior do Banco Central da China, em Pequim (04.abr.2020)
Exterior do Banco Central da China, em Pequim (04.abr.2020) Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

Dow Jones Newswires, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O Ant Group está abrindo uma empresa de pontuação de crédito com sócios acionistas estatais, à medida que o gigante chinês da tecnologia financeira avança em sua reestruturação. Colocar essa empresa autônoma em funcionamento é uma das etapas principais na transição mais ampla do Ant para se tornar uma holding financeira, de acordo com as orientações estabelecidas pelos reguladores chineses no início deste ano.

A empresa fintech, controlada pelo bilionário chinês Jack Ma, tem sede em Hangzhou, na província de Zhejiang, no leste da China.

O Banco do Povo da China anunciou, nesta sexta-feira (26) os detalhes da empresa planejada, Qiantang Credit Reporting, na qual Ant deteria uma participação de 35%.

O Zhejiang Tourism Investment Group, controlado pelo governo provincial de Zhejiang, possuiria outros 35%. Dois executivos da Ant deteriam juntos 10% por meio de uma sociedade limitada.

Três outras empresas sediadas em Zhejiang são as proprietárias do restante. O capital social seria de 1 bilhão de yuans, equivalente a cerca de US$ 157 milhões.

O anúncio significa que o banco central iniciou formalmente o processamento do pedido. A autoridade monetária postou detalhes do negócio em seu site na sexta-feira, iniciando um período de notificação pública de uma semana.

Em abril, o BC chinês exigiu que o Ant revisasse suas operações e se transformasse em uma holding financeira que ficaria diretamente sob sua supervisão.

O novo empreendimento termina uma jornada de seis anos durante a qual Ant tentou liderar um sistema nacional de pontuação de crédito sob sua própria marca Zhima Credit, e mais tarde teve suas esperanças frustradas.

O Ant opera o Alipay, um aplicativo de pagamento usado por mais de 1 bilhão de pessoas na China. Por meio do fornecimento de pagamentos e outros serviços financeiros aos consumidores chineses, o Ant adquiriu uma grande quantidade de dados, o que permitiu avaliar a qualidade de crédito desses indivíduos de uma forma que os bancos tradicionais não conseguem.

Tópicos

Mais Recentes da CNN