BC da Turquia fecha acordo com BC dos Emirados Árabes para aumentar reservas

Acordo visa promover o comércio bilateral com o objetivo de fortalecer ainda mais a cooperação financeira entre os dois países

Tayyip Erdogan, presidente da Turquia
Tayyip Erdogan, presidente da Turquia 27/11/2018REUTERS/Umit Bektas

Letícia Simionato, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O Banco Central dos Emirados Árabes Unidos (CBUAE, da sigla em inglês) e o Banco Central da República da Turquia (CBRT,da sigla em inglês) anunciaram nesta quarta-feira (19) o estabelecimento de um acordo bilateral de troca de moedas entre o dirham e a lira turca.

O tamanho nominal do contrato de swap é de 18 bilhões e 64 bilhões, respectivamente.

Segundo os BCs, o acordo visa promover o comércio bilateral com o objetivo de fortalecer ainda mais a cooperação financeira entre os dois países, tendo duração de três anos, com possibilidade de prorrogação.

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, disse nesta quarta-feira que não haverá mais volatilidade nos mercados financeiros causada pela demanda desequilibrada por moeda estrangeira, depois que a lira despencou 44% contra o dólar no ano passado.

Em um discurso para administradores de bairros em Ancara, Erdogan disse que os excessos logo serão removidos da inflação –que disparou para 36,1% ao ano em dezembro, nível mais alto de seus 19 anos no poder.

*Com informações de Reuters

Mais Recentes da CNN